Sabendo que o sacerdote católico sempre foi uma figura de referência para uma sociedade que busca a Verdade, não somente em assuntos que tangem a espiritualidade ou a teologia, mas também em termos humanos e intelectuais, e sabendo ainda que nos tempos hodiernos esta mesma figura é tantas vezes desvalorizada e esquecida em meio ao secularismo corrente, os membros deste apostolado – todos eles seminaristas – em nome da gratidão pela formação de excelência que recebem e pelo investimento da Santa Igreja – Mater et Magistra– em suas vocações, têm o intuito de reunir no espaço conferido a este serviço de apostolado, textos em geral, assim como artigos científicos e trabalhos monográficos de seminaristas ao redor do Brasil, sobre os mais variados temas, afim de colaborar com todos os que se interessem de modo sincero por uma vida à serviço da Verdade.

     O interesse por um apostolado nestes moldes também advém da consciência de que o protagonismo na formação, que os documentos da Igreja tanto destacam na formação dos futuros sacerdotes, não deve ser entendido tão somente em sentido teórico, mas levado a cabo, na prática, sobretudo colocando a serviço da comunidade próxima – o seminário – bem como, da comunidade remota – os seminaristas de outras casas de formação –, os dons para que cresçam e deem frutos para a Igreja.

      Ademais, os seminaristas são formados em vistas de serem testemunhas de Jesus Cristo para o mundo. Esta tarefa que não é exclusividade daqueles que recebem o chamado ao sacerdócio ministerial, mas faz parte do múnus de imitação do Cristo para todo o batizado, exige-se mais urgentemente ao sacerdote que deve levar as últimas consequências esta configuração à vida de Cristo e, por consequência, a tudo àquilo que Ele viveu e fez. Portanto, para que esta conformação à missão de Nosso Senhor seja a mais próxima possível– apesar da consciência do pecado, mas também da misericórdia divina – a Igreja tem buscado se utilizar dos meios mais eficazes para a evangelização, bem como, tem incentivado, respeitando o estado de vida dos clérigos e daqueles que estão no processo formativo para tal, a usá-los de forma que a Boa Nova da Salvação chegue a todos os homens.

      Possuindo a ciência de que os sacerdotes, esses pastores de almas sedentas de conhecimento e felicidade foram, antes de presbíteros bem preparados para as suas missões, seminaristas dedicados e desejosos de corresponder à grandeza do chamado de Deus, este apostolado tem o objetivo de ser um espaço para uma maior reflexão humana, espiritual, filosófica e teológica, não somente para seminaristas, mas para todos os que enxergarem no mesmo, um auxílio formativo, desejando que as reflexões nele expostas possam transbordar para a vida cotidiana de todos que apreciam o reto uso da razão.

      O presente apostolado possui ainda o intuito de permitir aos seminaristas de diversas realidades e dioceses, que se interessem por este trabalho, um maior espaço de relacionamento e colaboração mútua na formação uns dos outros. Visando, sobretudo, aquilo que a Exortação Apostólica pós-sinodal Pastores Dabo Vobis disserta sobre a vida comunitária – que vale, não tão somente para o ambiente do seminário e do presbitério diocesano, mas que se estende a Igreja universalmente, dado que esta é uma das notas que a caracteriza: “A formação para o dom generoso e gratuito de si mesmo, favorecido também pela forma comunitária normalmente assumida na preparação para o sacerdócio, representa uma condição irrecusável para quem é chamado a fazer-se epifania e transparência do Bom Pastor que dá a vida (cf. Jo 10, 11.15)”.

Equipe Pastores Dabo Vobis

    Contato    

Pastores Dabo Vobis
  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco